sábado, 27 de setembro de 2014




“Você, talvez, conheça inúmeras propriedades do cravo, mas agora vai conhecer uma propriedade notável e pode comprovar sua eficácia a partir de uma receita.

200 gr de cravo
1 litro de álcool de cereais para uso na pele e álcool comum para outras aplicações.
1 frasco de 100ml de óleo de bebê

Primeiro: deixe em repouso o cravo no álcool até notar que o líquido ficou na cor marrom, quando então deve coar o líquido.

Segundo: misture o líquido coado com os 100ml de óleo de bebê.

Terceiro: se quiser facilitar o uso, coloque num vidro vaporizador. O aroma é muito agradável.

Use-o na pele contra mosquitos da dengue, pernilongos e outros. A sensação na pele é fresca e deliciosa. Na sua pele, o óleo se encarrega de hidratar e fixar, tanto que, se você transpirar, o cheiro agradável exala, e nenhum mosquito se aproxima. Faça o teste.

Ah, quer saber a propriedade espiritual do cravo? Segundo o imaginário popular de algumas tradições, ele é protetor. Hum... Para esse tipo de praga visível e outras invisíveis.

E quer saber se o cravo passa pelo teste de qualidade? Mergulhe na água, se ele ficar vertical, sinal que ainda mantém suas propriedades valiosas.

Veja também um componente químico do cravo, o Eugenol ou óleo de cravo, é um forte antisséptico. Seus efeitos medicinais auxiliam no tratamento de náuseas, flatulências, indigestão e diarreia. Sabe aquele cimento odontológico que arde em nossa boca? Tem eugenol. Veja isso no Wikipédia mas nunca deixe de consultar um médico e a opinião dos especialistas. Seguro morreu de velho, certo?

Realize a Lei da Compensação: - ajude outros, curtindo, comentando e compartilhando as postagens HUMI numa onda do Bem, do Bom e do Belo. Convide seus amigos para curtirem a fan page da HUMI, divulgando estas postagens e se tornando um Anjo em Ação. Deus te abençoe, e receba um abraço caloroso de Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon.”
 — com Marcelo Dos Santos e outras 48 pessoas.


Foto: “Você, talvez, conheça inúmeras propriedades do cravo, mas agora vai conhecer uma propriedade notável e pode comprovar sua eficácia a partir de uma receita.

200 gr de cravo
1 litro de álcool de cereais para uso na pele e álcool comum para outras aplicações.
1 frasco de 100ml de óleo de bebê

Primeiro: deixe em repouso o cravo no álcool até notar que o líquido ficou na cor marrom, quando então deve coar o líquido.

Segundo: misture o líquido coado com os 100ml de óleo de bebê.

Terceiro: se quiser facilitar o uso, coloque num vidro vaporizador. O aroma é muito agradável.

Use-o na pele contra mosquitos da dengue, pernilongos e outros. A sensação na pele é fresca e deliciosa. Na sua pele, o óleo se encarrega de hidratar e fixar, tanto que, se você transpirar, o cheiro agradável exala, e nenhum mosquito se aproxima. Faça o teste.

Ah, quer saber a propriedade espiritual do cravo? Segundo o imaginário popular de algumas tradições, ele é protetor. Hum... Para esse tipo de praga visível e outras invisíveis.

E quer saber se o cravo passa pelo teste de qualidade? Mergulhe na água, se ele ficar vertical, sinal que ainda mantém suas propriedades valiosas.

Veja também um componente químico do cravo, o Eugenol ou óleo de cravo, é um forte antisséptico. Seus efeitos medicinais auxiliam no tratamento de náuseas, flatulências, indigestão e diarreia. Sabe aquele cimento odontológico que arde em nossa boca? Tem eugenol. Veja isso no Wikipédia mas nunca deixe de consultar um médico e a opinião dos especialistas. Seguro morreu de velho, certo?

Realize a Lei da Compensação: - ajude outros, curtindo, comentando e compartilhando as postagens HUMI numa onda do Bem, do Bom e do Belo. Convide seus amigos para curtirem a fan page da HUMI, divulgando estas postagens e se tornando um Anjo em Ação. Deus te abençoe, e receba um abraço caloroso de Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon.”

Uma imagem vem chocando as pessoas nas redes sociais. Um bebê mantido refém por ser Cristão. Será mesmo que acreditam que já existe uma convicção de fé no pequenino?
Particularmente sou uma pessoa com bastante crença em Deus, porém, em seu nome é cometido loucuras e atos que só podem ser infernais!
A legenda da foto em Árabe dizia: Nosso refém mais jovem entre as seitas hostis de Kessab. Kessab é uma vila predominantemente cristã na Síria.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014


Venicio Souza compartilhou a foto de Diego Fernandes
NOVO GOLPE NO CARTÃO DE DÉBITO

Abasteci o carro e na hora de pagar, o frentista fez a 'gentileza' de me alcançar a maquininha, só que nesse momento os dedos dele taparam o visor.

Digitei a senha e ele colocou de volta na bancada, ai veio a minha sorte:
Por engano, digitei um número a menos e o cara sem querer falou: 'tá faltando um número'.
Como eu estava ao lado, olhei rapidamente para o visor e minha senha estava ali digitada, ao invés dos tradicionais asteriscos:**** !!!
Como já conheço o gerente do posto (Ipiranga) chamei-o na hora e perdi mais umas duas horas na delegacia.
Lá veio o esclarecimento do novo golpe:
O atendente faz uma 'gentileza' e segura a máquina pra digitarmos a senha, neste momento, tapando o visor com a ponta dos dedos, na verdade ele não colocou o valor da compra, e os dígitos da senha aparecem no visor ficando expostos como se fossem o valor da compra.
Ele anota a senha e diz que não funcionou por qualquer motivo. Faz novamente o procedimento só que correto e a gente paga a despesa.
PRONTO: O cara tem a senha anotada e o número do cartão que fica registrado na bobina.
Segundo a delegada, em dois dias um cartão clonado com qualquer nome está na mão da quadrilha e os débitos caem direto na sua conta!!!
O frentista confessou que 'nem conhece quem são as pessoas por trás disso' um motoqueiro passou no posto, ofereceu R$ 600,00 por semana e passava lá pra pegar a lista de cartões e senhas e para deixar o dinheiro pro cara.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

PÉS MACIOS Fácil, com ingredientes da sua casa.
Em uma bacia adicione uma xícara de água quente ou morna, meio copo de Listerine (antisséptico bucal) e meia xícara de vinagre branco, deve cobrir a planta do pé e o calcanhar. Deixar seus pés na água por 15 minutos e a pele morta começa a descascar.



domingo, 7 de setembro de 2014










BOM DIA!
♥.¸¸.•♥´¨`♥
♥ No tempo de Deus você terá tudo que precisa.
Ele fala pra Você, Descansa...
Que o tempo são momentos de preparação
Para algo maior e muito melhor!
Ele sempre tem o melhor para sua vida,
Confie...
Que no tempo, na hora, no exato momento,
O teu pedido é respondido, tua oração é atendida.
Você confia Nele e Ele o impossível fará...
Ele é nosso refúgio !♥

Fica com Deus em Paz ♥



Orkutei.com.br




Quando o bichinho de estimação da família morre:
A morte de um bichinho da família pode afetar toda a dinâmica familiar e fazer com que todos fiquem incrivelmente tristes. No entanto, também pode ser um período de aprendizagem e crescimento.
Há pouquíssimas pessoas que gostam de lidar com a morte. Muitas vezes, a primeira experiência de uma criança com a morte é quando o animal de estimação da família morre. Como pais, nosso trabalho é ensinar nossos filhos a lidarem com a morte de uma forma proativa, independentemente se essa morte for de um animal de estimação ou de um ente querido. Enquanto você guia sua família através da morte de um amado bichinho, aqui estão algumas dicas para fazer a jornada para a cura um pouco mais fácil para todos.
Seja honesto
A morte súbita pode ser traumática para crianças, então comunique às crianças apropriadamente antes da morte prevista do bichinho. Às vezes a morte chega rapidamente, como resultado de um acidente infeliz, mas quando você tiver algum sinal, um aviso prévio, compartilhe com as crianças.
Dar às crianças tempo para se despedirem e começar o processo de luto alivia o choque inicial da morte do animal de estimação. Se seus filhos demonstrarem interesse, deixe-os ajudar a planejar o local de descanso final do bichinho e fazer os arranjos. No entanto, a menos que você tenha uma circunstância incomum, não deixe seus filhos verem o bichinho ser sacrificado. Isso pode levar a pesadelos ou constante recordação das imagens.
Institua rituais para auxiliar o luto
Crianças respondem muito bem a rituais simbólicos. Ter o funeral de um animal de estimação pode parecer supérfluo para você, especialmente se o bichinho for um peixe ou um hamster, mas seus filhos precisam de algo para sinalizar o início do luto. Deixe que cada criança diga algumas palavras, se quiserem, mas não force se eles se sentirem muito perturbados para participar.

Seus filhos também podem beneficiar-se da lembrança do animal falecido artisticamente. Às vezes as crianças têm dificuldade em se expressar com palavras, mas quando as crianças pintam, desenham ou criam elas podem liberar emoção e raiva reprimida. Dar às crianças uma saída saudável para desabafar emoções pode evitar explosões emocionais.
Permita lembrança e ofereça distração

Esse provavelmente não é o momento ideal para férias em família ou diversão super estimulante, mas crianças mais novas precisam de você para direcionar sua atenção a outras atividades. Saia de casa e tome um ar fresco, ou saiam para jantar em família. Incentive as crianças a não se debruçarem sobre a tristeza o tempo todo, mas ainda dê-lhes tempo para lembrar de seu bichinho. Esteja disponível se eles quiserem conversar, e nunca diminua seus sentimentos. Uma criança de 3 anos naturalmente ficará triste com a perda de um peixe, e você precisa mostrar sensibilidade com seus sentimentos. Mesmo as crianças mais velhas e adolescentes precisam de modelos saudáveis de como lidar com a dor de forma adequada, então compartilhe suas próprias emoções e deixe seus filhos verem o seu processo de luto.
Transforme-o em um momento de ensino

Seja qual for o seu sistema de crenças, a morte de um animal é uma oportunidade única para ensinar seus filhos sobre o belo círculo da vida. Se você acredita em Deus, este é o momento ideal para sentarem-se e terem uma lição em família sobre a vida após a morte. Se você acredita mais no processo natural da terra, fale sobre o ciclo da vida e da beleza de voltar para a Mãe Natureza. Se você é agnóstico ou ateu, você pode discutir sobre acalentar uma vida bem vivida.

Tratada corretamente, a morte é uma oportunidade de crescimento para toda a família. Permita que você e seus filhos expressem tristeza durante este tempo difícil. Não se apresse para substituir o animal de estimação imediatamente. Ensinar as crianças a passarem pelo processo de luto passo a passo é uma lição de vida muito importante, e eles precisam de você como um modelo e um guia durante esse tempo difícil.
Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original When the family pet dies, deHeather Hale .