quinta-feira, 22 de junho de 2017

Pouco sabemos sobre o pós morte pois, a Bíblia fala muito pouco sobre isso e mesmo assim há muitos que se acham muito entendido sobre o assunto. A verdade é clara quando o assunto é morte e pós morte ninguém pode afirmar nada de concreto pois, está sempre em...

Alguns até se arriscam a falar sobre, mas, pouco sabem ficando sempre a pergunta: De fato como será ou é após a morte? 

Deixe seu comentário e a sua opinião sobre o assunto. (GJ)


Segundo a Bíblia, onde fica o Paraíso?

A palavra "Paraíso" aparece em algumas traduções modernas (principalmente em inglês) referindo-se ao Jardim do Éden ou a um lugar de bênção. Por isso costumamos dizer que Adão e Eva foram expulsos do Paraíso.

Na cruz o Senhor fala que o ladrão estaria com Ele no Paraíso e Paulo fala do Paraíso como o terceiro céu onde esteve em 2 Co 12:4. Em Ap 2:7 também é falado do Paraíso de Deus. Creio a palavra não seja específica de um lugar, mas pode significar também um estado de bênção.

Se o Senhor disse ao ladrão que ele estaria com o Senhor Jesus no Paraíso naquele dia, então o ladrão e o Senhor se encontraram, não em corpo, mas em espírito, no Paraíso naquele dia. O Senhor ainda não tinha ressuscitado, portanto esse encontro não foi em corpo. Talvez você esteja confusa por causa de algumas doutrinas que erroneamente interpretam a morte como um estado de sono e inconsciência, mas não é. Lázaro estava bem consciente, assim como o rico em sua morte. Lc 16:19-31.

Em Mt 17, tanto Elias como Moisés aparecem junto ao Senhor, e não estão dormindo. Quando em Ts 4 fala dos que "dormiram" é no sentido do corpo (porque ali está falando de ressurreição). Portanto, ao morrer, o espírito vai para junto do Senhor, mas o corpo permanece em um estado de quem dorme (a palavra é usada para o crente, não para o incrédulo).
Postado por 

▪ Jesus prometeu a um homem que estava para morrer e que corajosamente expressou fé nele: “Estarás comigo no Paraíso.” (Lucas 23:43) Onde o homem estaria? O Paraíso seria no céu, na Terra ou em algum lugar intermediário onde os humanos aguardam julgamento?
Nossos ancestrais viveram num Paraíso. A Bíblia diz: “Jeová Deus plantou um jardim no Éden, do lado do oriente, e ali pôs o homem que havia formado. . . . E Jeová Deus passou a tomar o homem e a estabelecê-lo no jardim do Éden, para que o cultivasse e tomasse conta dele.” (Gênesis 2:8, 15) Quando essas palavras foram traduzidas para o grego, a palavra “jardim” foi vertida pa··dei·sosde onde se origina a palavra “paraíso”.
Assim como um casal teria de ampliar sua casa à medida que mais filhos nascessem, esperava-se que nossos primeiros pais expandissem o Paraíso para além dos limites do Éden ao passo que a família humana aumentasse. Deus lhes disse: “Enchei a terra, e sujeitai-a.” — Gênesis 1:28.
Portanto, o propósito do nosso Criador era que os humanos vivessem e tivessem filhos no Paraíso aqui na Terra. Eles viveriam para sempre num jardim terrestre onde não haveria necessidade de cemitérios. A Terra se tornaria o lar permanente de toda a humanidade. Não é de admirar que a natureza à nossa volta nos dê tanto prazer. Fomos criados para viver numa linda Terra.
O propósito de Deus mudou? Não, pois Jeová nos garante: “Assim mostrará ser a minha palavra que sai da minha boca. Não voltará a mim sem resultados, mas certamente fará aquilo em que me agradei.” (Isaías 55:11) Mais de 3 mil anos depois da criação do homem, a Bíblia disse com respeito ao “Formador da terra e Aquele que a fez”, que ele “não a criou simplesmente para nada”, mas que “a formou mesmo para ser habitada”. (Isaías 45:18) A vontade de Deus não mudou. A Terra ainda será um paraíso.
É interessante que muitos textos bíblicos sobre o Paraíso são simples descrições da vida na Terra. Por exemplo, uma profecia de Isaías declara: “Hão de construir casas e as ocuparão; e hão de plantar vinhedos e comer os seus frutos.” (Isaías 65:21) Onde é que se constroem casas e plantam-se vinhedos? Onde se comem frutos? Na Terra. Provérbios 2:21 diz claramente: “Os retos são os que residirão na terra.”
Outra pessoa que falou sobre um paraíso terrestre foi Jesus. É verdade que ele também prometeu um paraíso celestial, mas esse é apenas para uns poucos escolhidos. (Lucas 12:32) Depois que morrem, eles são ressuscitados para o Paraíso celestial e passam a governar com Cristo sobre o Paraíso terrestre. (Revelação [Apocalipse] 5:10; 14:1-3) Esses corregentes celestiais se certificarão de que o Paraíso na Terra seja administrado corretamente e de acordo com os padrões de Deus.
Jesus sabia que essa era a vontade de Deus para a Terra. Afinal, ele estava no céu com seu Pai quando o jardim do Éden foi criado. A vida num futuro paraíso terrestre está disponível a todas as pessoas que exercem fé hoje. (João 3:16) A essas, Jesus promete: ‘Estarão comigo no Paraíso.’ — Lucas 23:43.
© FORGET Patrick/SAGAPHOTO.COM/Alamy

Vislumbre o Paraíso de Deus

5 informações essenciais sobre o infarto cardíaco em mulheres

Diferenças entre homens e mulheres do ponto de vista médico
O Criasaude resumiu cinco informações essenciais para você saber sobre as mulheres para melhor identificar e evitar esta doença.
1. O coração da mulher é diferente. Ao nível anatómico e fisiológico, o coração das mulheres é diferente do que o dos homens. Sabemos que o ritmo cardíaco é 10% mais rápido nas mulheres do que nos homens, ou seja, entre 60 e 80 batimentos por minuto em mulheres e 55-70 em homens, por isso, o coração se cansa mais rápido. Além disso, como o diâmetro das artérias coronárias é 15% mais estreito em mulheres do que em homens, o risco de entupimento das artérias é mais elevado nas mulheres. A mulher deve ser ainda mais vigilante sobre o colesterol, uma fonte frequente de obstrução. Podemos dizer que o coração da mulher é mais frágil do que o do homem.
2. Sintomas pouco específicos e diferentes que nos homens. Entendemos que frequentemente o aparecimento de uma dor violenta e intensa no peito que irradia para o braço esquerdo e ombro é o sinal típico de ataque cardíaco. Isto é principalmente verdadeiro em homens, mas as mulheres muitas vezes têm sintomas pouco específicos, diferentes dos homens.
Nas mulheres, os sintomas de enfarte do miocárdio são em 70% dos casos são rotulados como de baixo nível de intensidade, que se manifesta, por exemplo, sob a forma de dor nas costas, distúrbios do sono, dor no pescoço e mandíbula, cansaço, azia ou náuseas e vômitos. Estes sintomas não específicos são muitas vezes confundidos com outras doenças.
Como sabemos que o infarto é uma emergência médica absoluta, cada minuto conta para salvar a vida do paciente, e as mulheres estão em maior risco do que os homens neste momento crucial. De acordo com um estudo britânico, as mulheres gastam uma média de 12,5 minutos a mais do que os homens para chegar à sala de emergência após infarto do miocárdio.
3. Os sintomas podem aparecer meses antes da crise. Nas mulheres, os primeiros sintomas ou sinais de infarto do miocárdio podem ocorrer vários meses antes da crise. De acordo com estudos, a maioria das mulheres se queixa de sintomas significativos de até 12 meses antes do ataque cardíaco. Estes sintomas são frequentemente fadiga (incomum), distúrbios do sono e dificuldade para respirar. Outros sintomas podem estar presentes, como formigamento nos braços, dor, ansiedade ou distúrbios digestivos.
4. O sedentarismo, um fator de risco importante. Um estudo australiano publicado em maio 2014 mostrou que o principal fator de risco que afeta coração das mulheres é a falta de exercício, pelo menos em mulheres com mais de 30 anos. Antes dessa idade, o tabagismo é o principal risco. De acordo com a Associação Americana do Coração (American Heart Association), uma mulher deve fazer 20 minutos de exercício por dia, como caminhar, correr ou exercícios de aptidão muscular como.
5. O check-up completo é essencial. Alguns testes cardíacos muitas vezes realizados, como angiografia, nem sempre detectam o risco de ataque cardíaco ou doença cardíaca, especialmente entre as mulheres. É importante visitar um cardiologista ou médico com amplo conhecimento do risco cardíaco em mulheres. Ao realizar alguns testes de sangue além dos testes cardíacos tradicionais, o médico pode identificar proteínas e enzimas específicas de desordens do músculo do coração. Em caso de sintomas não usuais (por ex. fadiga) sem causa aparente, por favor, vá a um cardiologista realizar um check-up completo.
Finalmente, note que a mulher tem fatores de risco específicos (que não são encontradas nos homens), muitas vezes ligados aos hormônios sexuais, como a menopausa, gravidez ou após o câncer de mama. O acompanhamento médico regular irá ajudá-la a reduzir seu risco cardíaco com base na sua situação pessoal.