sábado, 24 de janeiro de 2015




A TV aberta do Brasil é uma vergonha mesmo!

Essa GUERREIRA que tanto lutou na vida, e até ano passado estava fazendo filme pornô com a namorada. Seguiu o exemplo da mamãe, que também batalhou muito rebolando na vida e fazendo filme pornô!
Só pra lembrar, Sr. Fausto Silva: GUERREIROS são os motoristas de ônibus que me conduzem com segurança ao trabalho todos os dias. Confio neles sem nem ao menos conhecê-los. Enquanto eles estão trabalhando por um salário de merda no caos do trânsito brasileiro, você esta ai colocando lixo na TV.
GUERREIROS são os professores que lutam diariamente para tentar dar um ensino de qualidade nas escolas ganhando uma merreca, enquanto sugadores de cérebro como o Sr. enriquecem enchendo a cabecinha das nossas crianças com estrume em poucas horas de domingo.
GUERREIROS são aqueles que sentam a bunda na cadeira e estudam 10 horas por dia para concurso público, abdicando até mesmo da diversão nos finais de semana para não ganhar nem 2% do seu salário.
GUERREIROS são aqueles que acordam as 4:00 da manhã e pegam pesado no batente, voltam em um ônibus lotado e chega em casa as 20:00 horas.
GUERREIROS são aqueles que acordam e vão para dentro do LIXO, para conseguir algum material reciclável, para sustentar a família.
GUERREIRO são aqueles que vivem em ambientes sem a mínima condição de higiene e saúde, sonhando em ter a mesma vida mansa que o Sr., mais de 80% dos políticos brasileiros e outros mais. Mas que mesmo assim, buscam de forma digna driblar os caminhos difíceis da vida.
Aprenda que GUERREIRO não é qualquer idiota que você ou o Sr. Pedro Bial disseminam na TV aberta!

 

CRISTÃOES SENDO QUEIMADOS VIVOS NA NIGERIA.MEU DEUS.....SEM PALAVRAS.....COMPARTILHEM UNIVERSO, QUERO VER QUEM TEM CORAGEM DE COMPARTILHAR ISTO, A GLOBO E AS DEMAIS EU SEI QUE NÃO TEM, E VOCE?

Enquanto aqui no Brasil a maioria dos Cristãos estão disputando status ou posição de privilégio dentro das igrejas e buscando riquezas materiais há cristãos que estão dando as suas vidas para defender a sua fé e o Evangelho de Jesus Cristo.As pregações são pautadas em bens materiais e não mais em salvação e vemos que Jesus está vindo ai e muitos estão morrendo sem salvação, mas de todas essas cousas Deus irá pedir conta!

 CRISTÃOES SENDO QUEIMADOS VIVOS NA NIGERIA.MEU DEUS.....SEM PALAVRAS.....COMPARTILHEM UNIVERSO, QUERO VER QUEM TEM CORAGEM DE COMPARTILHAR ISTO, A GLOBO E AS DEMAIS EU SEI QUE NÃO TEM, E VOCE?







Você já teve uma experiência com Deus 

conte pra gente qual foi !




Hora de ler um pouquinho

O Rei e as sua 4 esposas

Era uma vez um rei que tinha 4 esposas…
Ele amava a 4ª esposa demais… ele dava-lhe de tudo.
Ele também amava muito sua 3ª esposa e gostava de exibi-la.
Ele também amava sua 2ª esposa. Ela era sua confidente.
A 1ª esposa era uma parceira muito leal e fazia tudo  para mantê-lo  muito Rico e Poderoso. Mas… ele não a amava
Um dia o rei caiu doente… e percebeu que o seu fim estava próximo…
Então… ele perguntou à 4ª esposa: -“Eu amei-te tanto, querida… cobri-te das mais finas roupas e joias…  agora que eu estou morrendo… és capaz de morrer comigo?”
“De jeito nenhum!” respondeu a 4ª esposa e saiu do quarto sem sequer olhar para trás…
Tristemente… o rei então perguntou à 3ª esposa: “Eu também te amei tanto a vida inteira…  és capaz de morrer comigo, para não me deixares sozinho…?”
“Não!!”, respondeu a 3ª esposa. “A vida é boa demais!!! Quando você morrer, eu vou é casar de novo…”
Ele perguntou, então, à 2ª esposa: “Eu sempre recorri a ti quando precisei de ajuda… e tu, quando eu morrer serás capaz de morrer comigo, para me fazeres companhia…?”
“Sinto muito mas… desta vez eu não posso fazer, o que você me pede!” respondeu a 2ª esposa. “O máximo que eu posso fazer… é enterrar você…”
Daí…uma voz se fez ouvir…
“Eu partirei com você e o seguirei por onde você for…” O rei levantou os olhos e lá estava a sua 1ª esposa, tão magra… tão mal nutrida… tão sofrida…
Com o coração partido, o rei falou: “Eu deveria ter cuidado muito melhor de ti, enquanto eu ainda podia…”

Na Verdade, todos nós temos 4 esposas nas nossas vidas…

Nossa 4ª esposa, é o nosso corpo. Apesar de todos os esforços que fazemos para mantê-lo saudável e bonito, ele nos deixará quando morrermos…

Nossa 3ª esposa, são as nossas posses, as nossas propriedades, as nossas riquezas. Quando morremos, tudo isso vai para os outros.

Nossa 2ª esposa, são nossa família e nossos amigos. Apesar de nos amarem muito e estarem sempre nos apoiando, o máximo que eles podem fazer é nos enterrar.

E nossa 1ª esposa é a nossa ALMA… Muitas vezes deixada de lado por perseguirmos, durante a vida toda, a Riqueza, o Poder e os Prazeres do nosso ego.

Apesar de tudo, nossa Alma é a única coisa que sempre irá conosco, não importa onde formos.

www.andremansur.com.br


Hora de ler um pouquinho

O Rei e as sua 4 esposas

Era uma vez um rei que tinha 4 esposas…
Ele amava a 4ª esposa demais… ele dava-lhe de tudo.
Ele também amava muito sua 3ª esposa e gostava de exibi-la.
Ele também amava sua 2ª esposa. Ela era sua confidente.
A 1ª esposa era uma parceira muito leal e fazia tudo para mantê-lo muito Rico e Poderoso. Mas… ele não a amava
Um dia o rei caiu doente… e percebeu que o seu fim estava próximo…
Então… ele perguntou à 4ª esposa: -“Eu amei-te tanto, querida… cobri-te das mais finas roupas e joias… agora que eu estou morrendo… és capaz de morrer comigo?”
“De jeito nenhum!” respondeu a 4ª esposa e saiu do quarto sem sequer olhar para trás…
Tristemente… o rei então perguntou à 3ª esposa: “Eu também te amei tanto a vida inteira… és capaz de morrer comigo, para não me deixares sozinho…?”
“Não!!”, respondeu a 3ª esposa. “A vida é boa demais!!! Quando você morrer, eu vou é casar de novo…”
Ele perguntou, então, à 2ª esposa: “Eu sempre recorri a ti quando precisei de ajuda… e tu, quando eu morrer serás capaz de morrer comigo, para me fazeres companhia…?”
“Sinto muito mas… desta vez eu não posso fazer, o que você me pede!” respondeu a 2ª esposa. “O máximo que eu posso fazer… é enterrar você…”
Daí…uma voz se fez ouvir…
“Eu partirei com você e o seguirei por onde você for…” O rei levantou os olhos e lá estava a sua 1ª esposa, tão magra… tão mal nutrida… tão sofrida…
Com o coração partido, o rei falou: “Eu deveria ter cuidado muito melhor de ti, enquanto eu ainda podia…”

Na Verdade, todos nós temos 4 esposas nas nossas vidas…
Nossa 4ª esposa, é o nosso corpo. Apesar de todos os esforços que fazemos para mantê-lo saudável e bonito, ele nos deixará quando morrermos…
Nossa 3ª esposa, são as nossas posses, as nossas propriedades, as nossas riquezas. Quando morremos, tudo isso vai para os outros.
Nossa 2ª esposa, são nossa família e nossos amigos. Apesar de nos amarem muito e estarem sempre nos apoiando, o máximo que eles podem fazer é nos enterrar.
E nossa 1ª esposa é a nossa ALMA… Muitas vezes deixada de lado por perseguirmos, durante a vida toda, a Riqueza, o Poder e os Prazeres do nosso ego.
Apesar de tudo, nossa Alma é a única coisa que sempre irá conosco, não importa onde formos.


quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Pudim de sorvete
Ingredientes:
- 2 xícaras de açúcar
- 4 colheres de água gelada 
- 4 colheres de sopa de achocolatado em pó
- 1 lata de leite condensado
- 200 ml de leite (mesma medida da lata de leite condensado)
- 1 lata ou caixa de creme de leite (sem soro)
- 4 gemas
- 4 claras em neve
Modo de Preparo:
- Em uma panela, coloque o leite condensado, o leite e as gemas - Mexa, quando ferver, mexa mais 1 minuto e deixe esfriar -Derreta o açúcar (faça uma calda) e rapidamente despeje na forma de buraco, coloque a água e o achocolatado (não precisa misturar) - Coloque o creme de leite e as claras batidas na mistura da panela (o creme já frio), mexa bem e despeje na forma de buraco - Deixe no freezer até congelar bem, e depois retire, esquente um pouco o fundo da forma na boca do fogão, e desenforme - Atenção depois de desenformar, pode continuar esquentando a forma para ter mais calda, e despeje sobre o sorvete.

TODO FILHO É PAI DA MORTE DE SEU PAI

Não pude deixar de compartilhar... Me emocionei pela verdade no texto, não deixem de ler!
" Há uma quebra na história familiar onde as idades se acumulam e se sobrepõem e a ordem natural não tem sentido: é quando o filho se torna pai de seu pai.
É quando o pai envelhece e começa a trotear como se estivesse dentro de uma névoa. Lento, devagar, impreciso.
É quando aquele pai que segurava com força nossa mão já não tem como se levantar sozinho. É quando aquele pai, outrora firme e instransponível, enfraquece de vez e demora o dobro da respiração para sair de seu lugar.
É quando aquele pai, que antigamente mandava e ordenava, hoje só suspira, só geme, só procura onde é a porta e onde é a janela - tudo é corredor, tudo é longe.
É quando aquele pai, antes disposto e trabalhador, fracassa ao tirar sua própria roupa e não lembrará de seus remédios.
E nós, como filhos, não faremos outra coisa senão trocar de papel e aceitar que somos responsáveis por aquela vida. Aquela vida que nos gerou depende de nossa vida para morrer em paz.
Todo filho é pai da morte de seu pai.
Ou, quem sabe, a velhice do pai e da mãe seja curiosamente nossa última gravidez. Nosso último ensinamento. Fase para devolver os cuidados que nos foram confiados ao longo de décadas, de retribuir o amor com a amizade da escolta.
E assim como mudamos a casa para atender nossos bebês, tapando tomadas e colocando cercadinhos, vamos alterar a rotina dos móveis para criar os nossos pais.
Uma das primeiras transformações acontece no banheiro.
Seremos pais de nossos pais na hora de pôr uma barra no box do chuveiro.
A barra é emblemática. A barra é simbólica. A barra é inaugurar um cotovelo das águas.
Porque o chuveiro, simples e refrescante, agora é um temporal para os pés idosos de nossos protetores. Não podemos abandoná-los em nenhum momento, inventaremos nossos braços nas paredes.
A casa de quem cuida dos pais tem braços dos filhos pelas paredes. Nossos braços estarão espalhados, sob a forma de corrimões.
Pois envelhecer é andar de mãos dadas com os objetos, envelhecer é subir escada mesmo sem degraus.
Seremos estranhos em nossa residência. Observaremos cada detalhe com pavor e desconhecimento, com dúvida e preocupação. Seremos arquitetos, decoradores, engenheiros frustrados. Como não previmos que os pais adoecem e precisariam da gente?
Nos arrependeremos dos sofás, das estátuas e do acesso caracol, nos arrependeremos de cada obstáculo e tapete.
E feliz do filho que é pai de seu pai antes da morte, e triste do filho que aparece somente no enterro e não se despede um pouco por dia.
Meu amigo José Klein acompanhou o pai até seus derradeiros minutos.
No hospital, a enfermeira fazia a manobra da cama para a maca, buscando repor os lençóis, quando Zé gritou de sua cadeira:e
— Deixa que eu ajudo.
Reuniu suas forças e pegou pela primeira vez seu pai no colo.
Colocou o rosto de seu pai contra seu peito.
Ajeitou em seus ombros o pai consumido pelo câncer: pequeno, enrugado, frágil, tremendo.
Ficou segurando um bom tempo, um tempo equivalente à sua infância, um tempo equivalente à sua adolescência, um bom tempo, um tempo interminável.
Embalou o pai de um lado para o outro.
Aninhou o pai.
Acalmou o pai.
E apenas dizia, sussurrado:
— Estou aqui, estou aqui, pai!
O que um pai quer apenas ouvir no fim de sua vida é que seu filho está ali. "
Retirado do facebook autor desconhecido.


Há um clamor.... Vamos interceder pelas nações africanas!
Clarisse Tarran adicionou 3 novas fotos.
 ,o lugar é descrito como " praticamente inexistente " . Um homem que fugiu com sua família disse à agência France -Presse, ele teve que navegar por "muitos corpos no chão" e que "a cidade inteira estava em chamas " . Outro disse à Reuters: " Eu escapei com a minha família no carro depois de ver como Boko Haram estava matando pessoas ... Eu vi corpos na rua. Crianças e mulheres , alguns estavam chorando por ajuda " . Ele acrescentou que os corpos foram " espalhados nas ruas e em arbustos " .

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Diante do Rei dos Reis e Senhor até as Curraleiras tem que dobrarem os joelhos !

Capitulo I
      Em uma grande fazenda no interior do Brasil existia um agregado( Empregado da fazenda) O qual servia a Jesus e tinha compromisso verdadeiro com Deus. Seu patrão Sr. Petrônio  homem muito rico, cheio de si mesmo dono de muitas fazendas ele não acreditava muito em Deus e achava o Evangelho de Cristo uma bobeira,  ele sempre replicava com João a cerca de sua fé e João respondia com convicção:
- Deus é meu protetor por isso não tenho medo do que possa me fazer o homem!
     Ali naquela fazenda sede das demais existia uma represa (lagoa) água muito limpa cristalina que ficava bem no meio do pasto e servia para o gado beber água. Um certo dia João foi até o seu patrão e pediu:
- Patrão estou aqui para pedir ao sinhô se  o sinhô cederia a sua lagoa que tem a água limpa e boa para minha Igreja fazer um batismo aqui no mês que vem? Pediu co humildade o irmão João.
   O sr Petrônio pensou um pouco coçou o queixo e respondeu com ar de deboche :
- Apesar de eu não gostar dessa sua gente, vou permitir que façam o tal batismo aqui!
- Fico muito agradecido patrão entonçe vou avisar meu pastor que o sinhô deixou e vamos fazer um grande batismo mês que vem aqui nessa bunita lagoa.
- pode avisar o tal pastor com seus crentes que pode vir tomar banho na minha lagoa kkkkkkkkkk
- Não patrão não vão tomá banho não é um ato sagrado o batismo que é para arrependimento de pecado e tornar um verdadeiro fio de Deus!
- Já que você diz João kkkkkkkkkk.
    João foi a noite no culto e falou com o pastor que o seu patrão havia consentido que fizessem o batismo lá na fazenda. o pastor comunicou a igreja que muito se alegraram com a noticia e também o pastor convocou a igreja para um mês de oração e jejum em favor de tal realização.
(Continua no próximo capitulo , não percam!)

  


Capitulo II

   O Rico fazendeiro desde aquele dia  passou a ri sozinho e quando era questionado do que achava tanta graça dizia que era nada, mas dentro de si maquinava o mal contra o povo de Deus; os tais crentes como ele dizia. O tempo passou depressa e o dia do batismo estava próximo. João estava em um contentamento muito grande, na lida do dia-a-dia vivia cantando ora assoviando louvores a Deus.
  O fazendeiro aproximou de João que lidava ali perto da casa sede da fazendo  e com um sorriso sarcástico perguntou:
- Então João esse seu tal de Jesus e poderoso mesmo e livra vocês os crentes de todos os perigos?
- Porque o sinhô pregunta patrão!
- Ouço sempre você dizendo que ele protege  os crente, e então porque que o crente morre?
- Para dizer a verdade pro sinhô crente não morre não, ele passa dessa vida para uma melhor! Responde João entusiasmado.
- Conversa fiada, como você sabe se é para uma vida melhor se nunca morreu para saber! Questiona o fazendeiro.
- Quem garante é a Bíblia Sagrada que é a palavra de Deus e o próprio sinhô Jesus falou que ele mesmo prepararia uma vida melhor para quem o aceitasse como seu Salvador. Fala João.
- Essa tal de Bíblia foi escrita por mãos de homem  um comedor de feijão feito eu e você João! Fala  o fazendeiro em tom de zombaria.
    João tenda explicar mas o fazendeiro fala:
- Vou embora para não ficar ouvindo essa besteira de religião... O que eu queria saber era se os crentes confia mesmo que esse tal Jesus é poderoso para  os livrarem de todo perigo! 
     O fazendeiro foi embora com um largo sorriso nos lábios e joão sem entender o que acontecia como fazia todos os dias orou a Deus para que Jesus salvasse o seu patrão.

Capitulo III


O mês havia passado o preparativo para o batismo estava em pleno vapor, faltava agora apenas três dias para o evento. O rico fazendeiro planejou, premeditou o mal que iria fazer e naquele mesmo dia mandou que os peões fechasse no curral  o gado e as mais bravas curraleiras e que por três dias desse somente sal para o gado e não os deixassem beber água. O peões não entendeu o porquê, mas obedeceram a ordem do seu patrão.
   O dia chegou uma grande multidão na beira da lagoa cantavam louvores a Deus e havia grande alegria, pois muitos eram os que iram descer a água (batizar). Ouvia o canto e o som dos instrumentos lá na sede da fazenda e assim que começaram a celebração o Rico fazendeiro chamou dois de seus empregados e disse:
- Soltem o gado para que possam tomar água! Deus a ordem em tom seco.
- o patrão esqueceu que os crentes estão lá na lagoa, fazendo o tal batismo deles e se soltarmos o gado eles vão matar a todos que estão ali, afinal tem três dias que não bebem água! falou um de seus empregados.
- Verdade patrão e ainda estão juntas as mais bravas curraleiras se soltarmos não vai sobrar nenhum crente para contar a história! fala o outro peão.
- Mas  é isso mesmo que eu quero, ver morrer no chifre dessas curraleiras cada um desses crentes! kkkkkkkkkkk. 
- O patrão deve lembrar que há muitas crianças e...
- E nada apenas façam o que mandei! Fala o fazendeiro furioso com o questionamento de seus empregados.
- E como vai justificar para a justiça as mortes? Pergunta um dos peões.
- A lei aqui sou eu! é Depois posso dizer que invadiram a minha lagoa e o gado não gostou!
- Eles não dizem que o tal Jesus deles é poderoso, quero ver se ele pode livra-los do chifre de minhas bravas curraleiras.kkkkkkkkk



FINAL
    Assim que as porteiras foram abertas em disparada o gado saiu rumo a lagoa e o fazendeiro observava para ver o que aconteceria e como ele mesmo disse ver morrer a crentaiada no chifre das curraleiras e chamou os peões para verem junto com ele  e  assim que o gado aproximou da lagoa pararam de repente como se por uma encantamento foram ajoelhando  um por um em reverencia a alguém que dava as ordens (invisível, somente o gado podia ver), ficaram assim até  o batismo terminar e assim que  terminou o gado tranquilamente desceu a beber água sem nada fazer de mal a nenhum crente presente ali.
    O olhar perplexo do fazendeiro e de seus peões ao presenciarem tal cena, quando o pastor e João vei ao encontro do fazendeiro o encontrou de joelho e dizendo:
- Quero esse Jesus...quero esse Jesus....
 E o pastor chamou a igreja e orar pelo fazendeiro o qual fez a sua decisão aceitando a Jesus como seu salvador. O Sr Petrônio confessou seus pecados foi batizado ali naquela lagoa e fez uma igreja ali na fazenda e virou o pastor dirigente daquela Igreja.
    Findo dizendo assim: "DIANTE DO REI DOS REIS JESUS CRISTO ATÉ A MAIS BRAVA CURRALEIRA TEM QUE DOBRAR OS SEUS JOELHOS".
Você love a teu Deus! Saiba ele tem cuidado de ti!
             

sábado, 3 de janeiro de 2015





 

 UM BAILE NO INFERNO
Uma Novela ( Baseado em fatos reais)


Capítulo I

Em uma cidade no Brasil aconteceu:
-  Filha hoje a Igreja está em festa vai ser muito bom virá muita gente de fora para cultuar a Deus, e você já está pronta para irmos a Igreja?  A mãe procura bem animada para sua filha.
- Quem eu?
- Sim , já está quase na hora!
- Mãe eu vou ser sincera com a senhora.....
- Eu não quero ser mais crente... Estou muito nova para estar com essa gente, povinho cafona!
- O que eu quero mesmo é me divertir..... Apartir de hoje não vou mais a Igreja!
- O que eu quero é aproveitar minha juventude, quero me divertir......
- Mas filha você sabe que Deus não agrada com essas coisas do mundo... Fala a mãe preocupada com a atitude da filha.
- Ah mãe fique a senhora sabendo que eu quero é me divertir.... Hoje vou procurar um baile uma balada eu quero é dançar me divertir ainda que seja no inferno assim mesmo eu quero ir!
- Minha filha acho que você não está pensando bem, sabe que o salário do pecado é a morte e quem morre sem salvação você sabe para onde vai!
- Ah mãe a senhora é muito chata com essa coisa de crente, eu ainda sou jovem e vou viver ainda muitos anos...
- A senhora não quer é me ver feliz... vejo as meninas de minha idade vão as festas dançam e se diverte, eu não vou somente a Igreja e convivo com aquela cafonice, tudo é pecado...
- Não aguento mais! já disse para a senhora não quero ser mais crente... vou é me divertir...preciso de encontrar um baile para dançar quero muito ir se não tiver um baile por ai pode ser no inferno mesmo que hoje eu vou me divertir...
           (Continua amanhã a sequência do próximo capítulo não percam!)


CAPITULO II

- Minha filha não sabe o que está desejando! Fala pesarosa a mãe.
- Sei sim mãe! Chega dessa breguice  e desse povo chato !
- É filha amada mesmo assim pedirei a Deus que tenha misericórdia de ti e que Deus permita que veja como é o mundo e não fique por lá.
- Já vem a  senhora com sua ladainha!
- A verdade é que quem deixa Jesus e vai para o mundo só encontrará destruição e o Diabo aproveita para destruir aquele que encontra no seu poder. Fala a mãe.
- Pedirei a misericórdia  de Jesus para contigo!
- Estou de saída para a Igreja, você não vai mesmo? Ainda pode arrepender desse seu comportamento e irmos para a casa de Deus.
- Já falei  para a senhora que não quero ser mais crente.... vou é procurar um baile e me divertir... Igreja é coisa do passado ... sou jovem tenho é que aproveitar....
- Nem adianta a senhora vir com o seu chororô que eu não vou cair nessa. Fala a filha com ira.
- Até hoje nunca me diverti pois a senhora nunca deixou, mas agora mudou já estou de saida ... Agora eu quero é ser feliz.
- Vá a senhora para sua Igreja... e vê se não vai fuxicar para os irmãos... E também não estou nem ai para eles.
- Filha me escute ..... não caia na cilada do inimigo....
- Já disse mãe vou a um baile hoje que a senhora queira o não queira.... pode ser até no inferno...
- Que Deus tenha misericordia de ti minha filha!
- Ah mãe não quero discutir mais isso... A filha sai de perto zangada e vai terminar de arrumar para sair.
     A mãe cala e começa a orar em pensamento em favor da filha. A mãe vai para a Igreja chorando de tristeza pelo comportamento de rebeldia de sua filha. Ao chegar na Igreja quando os irmãos a vê  muitos aproximam para perguntar o que ouve e tristemente a mãe fala o ocorrido e pede oração em favor de sua filha. O pastor convoca a todos os presente e levanta um clamor em favor daquela jovem , pedindo a misericórdia do Senhor Jesus e Deus ouve.
     A Jovem se arruma muto bem era uma jovem muito bonita e alegremente sai em busca do baile da balada que tanto desejava......
  (continua.... Não percam os próximos capítulos é de arrepiar!)

Capítulo III


     A jovem saiu em busca de uma festa na qual ela pudesse dançar e divertir naquela noite.... Já  havia andado bastante mas até então não encontrará nenhuma balada e direpente quando ia passando e m uma pracinha da cidade um tanto já decepcionada por não encontrar um festa bem agitada na qual pudesse satisfazer o seu desejo... sozinha ali resolveu sentar em um banco ali naquela praça e esperar para ver se aparecia alguma pessoa que soubesse onde havia o que ela procurava.
    De repente surgiram passos aproximando e ela virou se para ver que era e um moço parou bem frente a ela. Um moço alto, musculoso  bem vestido e de boa aparência . Assim que aquele moço aproximou dela ele disse:
- Pronto estou aqui! Disse o moço colocando-se em sua frente.
- Quem é você? Perguntou a jovem intrigada com a expressão daquele moço.
- Eu não te conheço! Acrescentou a jovem.
- Como não me conhece! Você mesmo me chamou... Estou aqui para te levar....
(Continua no próximo capitulo não percam!)

Capitulo IV

- Estou aqui para te levar ao baile que tanto desejou! fala o moço.
- Como assim? pergunta  a jovem Teresa intrigada com o que dissera o moço .
- Como sabe o meu desejo, ou melhor o que eu desejo?
- Ouvimos o seu desejo e vim para te atender!
- Quando foi que ouviu?
- Hoje e vim para atender o seu chamado vou te levar ao baile que você tanto desejou e você verá que vai se divertir....
- Está bem! É muito longe daqui? Pergunta a jovem.
 - Não muito é rapidinho estaremos lá.. e vamos logo se não vamos atrassar, pis já deve ter começado.
- Eu vou mas não posso demorar muito, afinal eu sai para me divertir e estava justamente esperando uma pessoa que soubesse onde havia um baile para que eu pudesse ir.
- Então eu sei e vim aqui exatamente para isso: atender ao seu desejo! Explica o moço.
- Então vamos! fala a ingênua jovem encantada com os elogios e a boa aparência do moço sedutor.
- posso segurar a sua mão? Pergunta o moço.
- Claro!
- Feche seus olhos um pouquinho! Sugere o moço segurando a mão da jovem.
- pronto cá estamos pode abrir os olhos chegamos!
- Como assim chegamos? Que lugar é esse?
- O baile do seu desejo, não ouve o barulho da musica e a algazarra dos participantes....vamos entrar estão nos esperando!
- Espera ai um pouquinho! Estou ouvindo o barulho da festa... mas preciso saber que lugar é esse!
- Você vai gostar! fala o moço impaciente.
- É muito quente aqui... não estou gostando desse lugar... quero ir embora....Fala a jovem teresa.
       ( Continua no próximo capitulo não percam!)

V  Capitulo

- como chegamos aqui tão rápido? Eu não quero entrar ai não! Fala a jovem assustada.
- Agora que vei terá que entrar e ordem do chefe! Fala o moço um tanto impaciente.
- Que chefe? Pergunta a moça intrigada.
- Saberá em breve agora venha....entre!
    Ao cruzar a porta  deparam realmente com uma festa (uma Balada) ao som  de um Funk e de horrível visão...Os casais dançando sobre chamas de fogo  de forma sensual e o rosto era de aparência horrenda. Os que ali estavam eram obrigados a dançarem e os gritos de dor eram horríveis. Também havia aqueles que eram obrigados a  beberem uma bebida e cada gole gritavam de dor. Havia muitas mulheres que estavam amarradas com uma corda de fogo nuas e um demônio sobre elas as estuprando e os seus gritos pedindo socorro eram horríveis.   
   Quando a jovem deparou com aquela visão horrenda tentou sair correndo, mais foi barrada pelo moço que a segurou fortemente e disse:
- Cá estamos no baile no inferno que você tanto desejou agora vá dançar!
- E não eu não sei dançar e não quero ficar aqui, vou embora!
- Todos que estão aqui eram os que participavam das baladas lá na terra: Os drogados, as prostitutas, os Funkeiros, as piriguetes... Todos aqui tem que dançar conforme a música e a ordem do mestre.
    Ao ouvir o que o moço dissera a jovem entrou em desespero para sair dali, mas o moço  a continuo segurando e disse:
- Não queria dançar! Então vá dançar!....
- Não muito obrigada!

VI Capítulo


  De repente a musica mudou para um Rock e no palco em chamas surgiram um grupo de Rock que tocava em umas guitarras em forma de caveira, eles tinham seus tornozelos acorrentados por uma corrente em brasas, e cada vez que dedilhavam as cordas gemiam de dor, pois queimavam os dedos e da mesma forma era os Funkeiros estavam acorrentados e tinham que dançar em cima de uma especie de chapa quente que queimavam seus pés . Estavam olhando a cena foi quando aquele moço falou;
- Eles lá na terra serviam ao meu mestre e fizeram pacto com ele para ter fama, dinheiro,mulheres e poder e agora estão aqui recebendo a sua recompensa, kkkkkkkkkkkkk...
 De repente a música parou por um instante e todos se voltaram para eles e começaram a falar:
 - Teresa vem para nós vamos dançar.... dançar.... dançar... era terrível ouvir aquelas vozes chamando a jovem Teresa que  ficou desesperada.
-Quero sair daqui.... Tereza começou a gritar deseperada.
    Aquele demônio que a segurava assumiu a sua forma, já não eta mais o moço formoso e sim um demônio. E ele disse:
- Você vai ficar aqui com a gente..........kkkkkkkkkkkkkkkkk
-Vou não! Senhor Jesus tem Sangue tem poder... perdoa os meus pecados e vem me socorrer... pelo poder do seu nome Jesus me tire daqui e faça o infernos e todos esses demônios desaparecerem. A Jovem Tereza começou a gritar bem alto.
- Não fala esse nome aqui ! Aquele demônio gritou enfurecido arranhando o braço de Tereza e largando a, pois caiu por terra demonstrando que ficou fraco.
- Senhor Jesus perdoa a minha desobediência e venha me socorrer.... eu clamo agora por ti Senhor Jesus me tire daqui...
- Cale...cale.... todos aqueles demônios gritavam para que ela se calasse.
     De repente uma clarão branco como um relâmpago entrou naquele lugar e quando Tereza viu já estava de volta na praça de onde havia estado antes de ir para aquele lugar. Quando ela se viu ali saiu correndo....
     (continua no próximo capitulo!)

VII

     Estava quase terminando o culto, como era festa havia demorado um pouco mais naquela noite e  Tereza entrou correndo indo parar lá de frente do púbito (altar) e chegando caiu de joelhos e pedindo que queria reconciliar estava apavorada com um expressão de horror chorava sem parar e sua mãe a vendo foi ao seu socorro e ficando ali abraçada com a sua filha.
- Está aqui nossa amada irmã: A Jovem Teresa pedindo que oremos por ela. podemos notar que está apavorada vamos orar por ela. O pastor fala aos fiéis.
    Teresa abraçada com a mãe pedia lhe perdão por sua desobediência e após a oração tentaram acalmar Teresa e quando o pastor sentiu que ela havia acalmado um pouco pediu que contasse o que havia acontecido que havia a deixado naquele estado e assim foi ela contou todo o ocorrido e naquela noite houve muitas convenções após ouvirem o seu relato. Teresa aprendeu que Jesus Cristo é a melhor escolha e nunca mais desejou nada mundano e passou a ser uma filha obediente a Deus, a sua mãe e a Igreja e foi muito abençoada na terra.

                                      Uma história baseada em fatos reais e de muita importância para alertar aos jovens a cerca do inferno; ele existe que você acredite ou não continuará a existir e duro será para aquele que morrer sem Cristo e tiver que enfrentar uma eternidade sem Cristo. A decisão da eternidade deve ser tomada aqui lembrem sempre disso! Hoje é o momento de aceitar a Cristo, pois o amanhã pode ser tarde demais.








 

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015


Superstição Gospel na Virada do Ano!

O que teve de "cristãos" vestindo Branco a beira da praia neste Réveillon é incontável, algumas com direito a brinde e champanhe na beira do mar em comemoração à chegada do novo ano. Você sabia que esse hábito de usar branco nesta data é inspirado em religiões de origem africana? É verdade que o branco simboliza pureza e paz. Mas a mencionada superstição está ligada, sobretudo, aos cultos afro-brasileiros, como umbanda e candomblé. 

Na realidade não duvido se estes tais que se dizem cristãos não tenham oferecido "oferendas" para Iemanjá e tenham pulado 7 ondas, acreditando que isto vai influenciar nos dias que estão por vir, até aí nada estarrecedor. A lástima é que estes mesmos, durante o ano, vão lotar os cultos de campanha nas igrejas, atrás de cura para as suas frustrações, se tornando como os ímpios que seguem suas vidas como a "moinha que o vento espalha".

Difícil deixar a multidão embrenhanda a em suas vaidades, fogos de artifício e promessas pagãs e ir para os pés de Cristo, afinal passar a virada na igreja de joelho, cultuando ao verdadeiro Deus, sem mandinga, superstição, só mediante a adoração, já saiu de moda, não serve para os cristãos hodiernos, isto é cafona! Lamentável! 

Paulo se deparou com os tais Cristãos no Areópago, em Atenas quando disse: “... em tudo vos vejo um tanto supersticiosos” (At 17.22).

Que Deus nos ajude a abandonarmos as más influências da vida velha. Afinal, “se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Co 5.17).

“E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as.” (Ef 5. 11).

Voltemos a leitura e aplicação da Palavra, aos joelhos que se dobram em adoração, ao verdadeiro cristianismo que serve ao único Deus jeová!

Sola Escriptura!

Julio César de Oliveira 

Superstição Gospel na Virada do Ano!
O que teve de "cristãos" vestindo Branco a beira da praia neste Réveillon é incontável, algumas com direito a brinde e champanhe na beira do mar em comemoração à chegada do novo ano. Você sabia que esse hábito de usar branco nesta data é inspirado em religiões de origem africana? É verdade que o branco simboliza pureza e paz. Mas a mencionada superstição está ligada, sobretudo, aos cultos afro-brasileiros, como umbanda e candomblé.
Na realidade não duvido se estes tais que se dizem cristãos não tenham oferecido "oferendas" para Iemanjá e tenham pulado 7 ondas, acreditando que isto vai influenciar nos dias que estão por vir, até aí nada estarrecedor. A lástima é que estes mesmos, durante o ano, vão lotar os cultos de campanha nas igrejas, atrás de cura para as suas frustrações, se tornando como os ímpios que seguem suas vidas como a "moinha que o vento espalha".
Difícil deixar a multidão embrenhanda a em suas vaidades, fogos de artifício e promessas pagãs e ir para os pés de Cristo, afinal passar a virada na igreja de joelho, cultuando ao verdadeiro Deus, sem mandinga, superstição, só mediante a adoração, já saiu de moda, não serve para os cristãos hodiernos, isto é cafona! Lamentável!
Paulo se deparou com os tais Cristãos no Areópago, em Atenas quando disse: “... em tudo vos vejo um tanto supersticiosos” (At 17.22).
Que Deus nos ajude a abandonarmos as más influências da vida velha. Afinal, “se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo” (2 Co 5.17).
“E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as.” (Ef 5. 11).
Voltemos a leitura e aplicação da Palavra, aos joelhos que se dobram em adoração, ao verdadeiro cristianismo que serve ao único Deus jeová!


Aconteceu Comigo:

     Um certo dia estava eu no face e abrindo o bate papo percebi que alguns estavam oline e assim mandei um versiculo para muitos afim de nos alimentarmos da palavra de Deus e para minha surpresa tinha um pastor que ao receber o versiculo  ficou furioso e me devolveu uma mensagem desaforada e dizia ele que a mensagem da Bíblia seria para os outros não para ele que era um conferencista e um presidente lá das contas... Ele se exltou de sobre maneira que sinceramewnte me deu vontade de dizer umas verdades para ele, mas dexei pra lá pois quem melhor fala é Deus que pode tocar na arrogancia da pessoa e fazer com que entenda que soberania é somente a de Deus e a Bíblia diz: Se te elevares como águia e puseres o teu ninho entre as estrelas, eu te deribarei de lá diz o Senhor Deus.( Obadias1.4) e eu tentei explicar que no meu entender a Bíblia é para todos e ele ficou ainda mais furioso no que resultou em excluí-lo do meu rol de amigos.
     Assim comporta muitos que acham que porque Deus os usa é somente ele que pode ser usado para alguém, mas no momento em que alguém é usado para ele o tal não aceita. Não entendo tal comportamento de tais que querem tomar o lugar de Deus sabemos qual será o castigo para quem assim proceder não é mesmo!
Participe deixe seu comentário ele é muito importante!
 

Mateus 18: 3 E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no reino dos céus. 4 Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no reino dos céus. • I Coríntios 1: 21 Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. • Lucas 10: 21 Naquela mesma hora se alegrou Jesus no Espírito Santo, e disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que escondeste estas coisas aos sábios e inteligentes, e as revelaste às criancinhas; assim é, ó Pai, porque assim te aprouve. • I Coríntios 2: 14 Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.


 



Que tipo de pai (ou mãe) é você?

A pedido de VEJA, o psicólogo americano Laurence Steinberg, autor do livro Os 10 Princípios Básicos para Se Educar os Filhos, elaborou o seguinte teste:

1. Qual dos itens abaixo tem mais influência na educação das crianças?
a) Os genes
b) Os pais
c) Os meios de comunicação
2. Qual das afirmações está incorreta?
a) Pais que dão carinho em excesso estragam os filhos
b) Mesmo depois que os filhos se tornam adolescentes, é importante abraçá-los e beijá-los
c) Se os pais acudirem o bebê sempre que ele chorar durante a madrugada, com o tempo ele vai aprender a dormir a noite inteira
3. Qual a melhor forma de passar o tempo com os filhos?
a) O importante é estar com eles sempre que possível, mesmo fazendo alguma outra atividade paralela
b) Ensinando algo de útil a eles
c) O importante é dar atenção total aos filhos enquanto se está com eles
4. A melhor forma de lidar com a criança que tem temperamento difícil é:
a) Insistir para que ela mude o seu comportamento
b) Ignorá-la. Afinal, ela vai mudar com o tempo, por conta própria
c) Adaptar sua forma de educar ao temperamento da criança
5. Você e seu filho de 13 anos discutem porque têm pontos de vista diferentes sobre algum assunto. O que fazer?
a) Não dar o braço a torcer, caso contrário seu filho perderá o respeito por você
b) Deixar claro que a opinião dos pais é sempre mais importante que a dos filhos
c) Discutir a situação com o garoto e tentar chegar a um consenso
6. Qual das alternativas abaixo é um sinal claro de que seu filho está com problemas?
a) Seu filho de 11 anos discorda de tudo o que você fala e começa a discutir
b) Seu filho de 15 anos quer mais independência e autonomia
c) Nenhuma das anteriores
7. Quando pai e mãe discordam sobre a educação dos filhos, o que devem fazer?
a) Os pais não precisam provar aos filhos que pensam exatamente da mesma maneira. Eles podem ter opiniões diferentes, contanto que sigam basicamente as mesmas regras
b) A mulher sempre tem a última palavra; afinal, educar os filhos é responsabilidade da mãe
c) Marido e mulher podem adotar regras diferentes para educar os filhos
8. Bater na criança é:
a) Um bom modo de educar, contanto que não se torne uma prática freqüente
b) Menos eficiente que outras formas de castigo
c) A única maneira de mostrar à criança que você realmente ficou bravo com o que ela aprontou
9. Você pede à sua filha de 8 anos para tirar as bonecas da cama e ela lhe pergunta por que deve fazer isso. O que você responde?
a) Ela precisa arrumar a cama porque você mandou e ponto final
b) Já que ela o questionou, vai ficar de castigo
c) Explica de forma clara e objetiva por que ela precisa arrumar a cama
10. Você tomou uma decisão errada e seu filho o questiona por causa disso. O melhor a fazer é:
a) Dizer a ele que não se deve questionar os mais velhos
b) Agir como se estivesse certo. Caso contrário, seu filho perderá o respeito por você
c) Admitir que estava errado