sábado, 24 de março de 2012

Reflexões e estudos O Sofrimento e o Perdão




  • Salmos - Recados e Imagens (4796)
    Os sinais de Deus
     Isabelita me conta a seguinte lenda:
    Um velho árabe analfabeto orava com tanto fervor,
    todas as noites, que o rico chefe de grande caravana resolveu chamá-lo:

    - “Por que oras com tanta fé? Como sabes que Deus existe, quando nem ao menos sabes ler”?
     - “Sei ler, sim senhor. Leio tudo que o Grande Pai Celeste escreve”.
    - “Como assim?”
    O servo humilde explicou-se:
    - “Quando o senhor recebe uma carta de pessoa ausente, como reconhece quem a escreveu”?
    - “Pela letra”.
    - “Quando o senhor recebe uma jóia, como sabe quem a fez?”
    - “Pela marca do ourives”.
    - “Quando ouve passos de animais, ao redor da tenda,
    como sabe se foi um carneiro, um cavalo um boi”?
    - “Pelos rastros” – respondeu o chefe, surpreendido com aquele questionário.
    O velho crente convidou-o para fora da barraca e mostrou-lhe o céu.

    - “Senhor, aquelas coisas escritas lá em cima, este deserto aqui embaixo,
    nada disso pode ter sido desenhado ou escrito pelas mãos dos homens”.



    JESUS CRISTO não teve nenhum empregado,
    no entanto chamaram-no Soberano.
    Não cursou mestrado, não teve nenhum diploma,
    no entanto chamaram-no Mestre.
    Não tinha cursou medicina ou doutorado,
    no entanto chamaram-no Doutor.
    Não teve nenhum exército,
    no entanto os reis temeram-no.
    Não ganhou nenhuma batalha militar,
    no entanto conquistou o mundo.
    Não cometeu nenhum crime,
    no entanto o crucificaram como um malfeitor.

    O mataram para livrarem -se dele e
    Foi enterrado num túmulo e,
    no entanto, ressuscitou vive hoje.

    E agora é o Rei dos reis e Senhor dos senhores
    Virá buscar os seus escolhidos para viver com ele no céu
    Sinto-me honrado por servir tal chefe e que me Ama!





                                                           “Um dia...”

    Jesus e o diabo estavam conversando, e Jesus perguntou ao Diabo o que ele 

    estava fazendo com as pessoas aqui na terra... Ele respondeu: 

    -Estou me divertindo com elas, ensino a fazer bombas,a matar, a usar revólver, a odiar umas às outras,
    a casar e a divorciar, ensino a abusar de criancinhas,
    ensino jovens a usar drogas, a beber e a se prostituir.
    E ainda faço com elas achem que eu não exista. 

    -Estou me divertindo muito com elas...
    Jesus perguntou:
    -E depois, o quê você vai fazer com elas?
    O diabo respondeu:
    -Vou matá-las e acabar com elas.
    Jesus perguntou:
    - Quanto você quer por elas?
    O diabo respondeu:
    -Você não vai querer estas pessoas, elas são traiçoeiras,
    mentirosas, falsas, egoístas e avarentas!
    -Elas não vão te amar de verdade, vão bater e cuspir no
    teu rosto, vão te desprezar e nem vão levar em conside-
    ração o que Você fizer!
    Jesus perguntou:

    -Quanto você quer por elas diabo?
    O diabo respondeu:
    -Quero toda Tua lágrima e todo o Teu sangue!
    Jesus responde:
    -Trato feito!
    “E...Jesus pagou o preço da nossa liberdade!
    Como nós esquecemos de Jesus!
    Acreditamos em tudo o que nos ensinam, mas
    questionamos as coisas que vem de Deus...
    Todos querem um dia estar com Jesus, mas não querem

    conhecê-lo e amá-lo.
    O diabo está sempre querendo desanimar o crente;
    mas o crente está sempre triunfante:
    - O crente pode não ter uma moeda
    no bolso; mas está sempre cantando:
    O crente perde o emprego:
    O diabo fala - Canta agora!
    E o crente começa a dizer:
    - Ah, essa porta era pequena;
    isso aconteceu pq DEUS quer
    abrir uma porta maior pra mim!
    De repente o crente fica doente:
    O diabo começa a rir!
    Aí o crente começa a dizer:
    - Olha gente; estou doente
    é pq JESUS quer glorificar o
    o nome Dele na minha vida:
    Ele vai me curar!
    JESUS cura o crente,
    e o diabo sai envergonhado!
    O crente fica doente e morre:
    - Aí o diabo começa a dizer na
    boca de um e de outro:
    - Aí, vivia dizendo que crente não morre;
    morreu como qualquer um outro!
    Mas aí é que diabo se engana;
    porque o crente não morre;
    crente passa da morte para a vida
    ETERNA ( Jo. 5:24b ).
    Até na morte o crente é vitorioso sobre o diabo!
    Aleluia!
                            
                               NÃO TEMAS! DEUS É CONTIGO!


    Às
    vezes parece que a nossa dor é maior do que tudo pensamos que nunca conseguiremos superar.
    Nesses momentos devemos lembrar que o Senhor nos dá força necessária para aguentarmos nosso
    fardo. A sua dificuldade não é maior ou menor do que a minha; ela é do tamanho que você pode
    suportar Portanto, levante-se Siga em frente Nunca desista. Mesmo que você tropece em pedras
    e caia, saiba que não há nenhum vale profundo demais e nenhum problema que Deus não possa
    resolver Jamais desista daquilo que você realmente quer Deus supre todas as tuas necessidades
    Não deixe nada impedir você de continuar nem a perseguição, nem a tristeza, nem coisa alguma
    possa te separar da presença de Deus. O Senhor sempre estará ao seu lado dizendo: Continue, vai
    adiante você vai conseguir pois estou do seu lado. Eu tenho coisas maiores pra você, creia e verás.
    Pedi A DEUS...
    Eu pedi a Deus para remover meu orgulho,
    e Deus disse "NÀO".
    Ele disse que não era tarefa dele, mas que era para eu abrir mão,
     Eu pedi a Deus para tornar meu irmão paraplégico em criança normal,
    e Deus disse "NÃO".
    Ele disse que o Espírito é imortal e o corpo é temporário.

    Eu pedi a Deus para me dar paciência,
    e Deus disse "NÃO".
    Ele disse que paciência é subproduto da tribulação, e que deveria ser conquistada.
     Eu pedi a Deus para me dar felicidade,
    e Deus disse "NÃO".
    Ele disse que me dá bênçãos. Felicidade depende de mim.
     Eu pedi a Deus para dividir minha dor com Ele,
    e Deus disse "NÃO".
    Ele disse que o sofrimento nos afasta das coisas mundanas e nos deixa mais perto Dele.
     Eu pedi a Deus para fazer o meu Espírito crescer
    e Deus disse "NÃO".
    Ele disse que devo crescer por meus esforços, mas Ele aparará minhas arestas para que eu frutifique.
     Eu perguntei a Deus se Ele me amava,
    Ele me disse "SIM", agora e sempre.
     Eu pedi a Deus para me ajudar a amar os outros tanto quanto Ele me ama.
     E Deus disse:
     "Ah, finalmente você entendeu !"
     

    Açúcar

    "Um certo dia, a professora perguntou as crianças quem saberia explicar quem é Deus?
    Uma das crianças levantou o braço e disse:
    Deus é o nosso pai, Ele fez a terra, o mar e tudo que está nela; nos fez como filhos dele.
    A professora, querendo buscar mais respostas, foi mais longe: 
    - Como vocês sabem que Deus existe, se nunca o viram?
    A sala ficou toda em silêncio... 
    Pedro, um menino muito tímido, levantou as mãozinhas e disse:
    - A minha mãe me disse queDeus é como o açúcar no meu leite que ela faz todas as manhãs, eu não vejo o açúcar que está dentro da caneca no meio do leite, mas se ela tira, fica sem sabor. Deus existe, e está sempre no meio de nós, só que não o vemos, mas se Ele sair de perto, nossa vida fica...sem sabor.
    A professora sorriu, e disse:

    - Muito bem Pedro, eu ensinei muitas coisas a vocês, mas você me ensinou algo mais profundo que tudo o que eu já sabia. Eu agora sei que Deus é o nosso açúcar e que está todos os dias adoçando a nossa vida! Deu-lhe um beijo e saiu surpresa com a resposta daquela criança.
    A sabedoria não está no conhecimento, mas na vivência de DEUS em nossas vidas, pois teorias existem muitas, mas doçura como a de DEUS não existe ainda, nem mesmo nos melhores açúcares...
    Tenha um bom dia, uma boa noite, um bom tudo e não se esqueça de colocar "AÇÚCAR" em sua vida...  


    Jireh – o Deus da minha provisão






































  • A pessoa pode pecar por recusar-se a esperar. Desejar uma coisa boa, é virtude. Desejá-la 'já', pode ser pecado. A impaciência indica falta de confiança na perfeição da vontade e dos métodos de Deus.
    Warren Myers





































  • Shalon – o Senhor é a minha paz






































  • Fé é simplesmente confiar nas soluções de Deus para os problemas, é acreditar que Ele solucionará o que para mim não tem solução. CONFIAR incondicionalmente nesse Deus que não se explica. Ele explode. Ele pergunta a Jó quem ele pensa que é. Diz que tentar explicar o tipo de coisas que Jó quer ver explicadas é como tentar ensinar Einstein a uma ostra.
    Fé é isso. É saber do amor e do poder de Deus. Ponto final.
    Frederick Buechner





































  • Shamar – Deus presente sempre está






































  • “Confia no SENHOR e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado.
    Deleita-te também no SENHOR, e Ele te concederá os desejos do teu coração.
    Entrega o teu caminho ao SENHOR; confia nEle, e Ele o fará.
    E Ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia.
    Descansa no SENHOR, e espera nEle.”
    Salmo 37:3-7





































  • El-Elion – outro igual não há






































  • "A vida é ambígua. Há finais indefinidos. É preciso ter maturidade para conviver com a ambiguidade, o caos, o absurdo e a desorganização. Se nos recusarmos a viver com esses fatores, excluiremos algo que pode ser essencial e valioso: os mistérios de Deus."
    Eugene Peterson





































  • Jeová Rafá – meu Senhor que cura toda dor






































  • "A PACIÊNCIA não é a habilidade de esperar, é a habilidade de manter uma boa atitude enquanto se espera.
    A Bíblia não diz “seja paciente se você esperar”; ela diz: “seja paciente enquanto você esperar.”
    Joyce Meyer





































  • Tsekenu Yaveh – minha justiça é






































  • "Deus não quer homens que dêem seu coração ao futuro, colocando seus tesouros nisso. Seu ideal é um homem que, tendo trabalhado durante todo o dia pelo bem da posteridade, não se preocupe com a questão, deixa o resultado nas mãos do Céu, e volta imediatamente à paciência ou gratidão exigida pelo momento que está passando."
    C.S.Lewis





































  • Elohin – no controle está meu Deus, tudo governa






































  • "Existe a fé que quer saber o caminho para decidir se segue. Mas a verdadeira fé não tem perguntas a fazer. Sabe de Deus. Por isso, discerne duas coisas: 1. Quem conhece a Deus não precisa de explicações. 2. Quem conhece a Deus sabe que mesmo não tendo a “visão” das coisas, Deus tem. Deus sabe por mim. Deus vê por mim."

                                    O Sofrimento



























  •                                

     

    O homem natural sofre?
    O crente em Jesus sofre?
    - Sim sofre! Ele é comum a todos os mortais.
    Por que do sofrimento?
    - Se a causa, motivo, razão for a do Evangelho será bem aventurado tal sofrimento.
    - Se a causa for o pecado, é conseqüência.
    No livro de Romanos alista uma série de bênçãos provindas do sofrimento por causa do Evangelho de Jesus Cristo:
         Foi nos concedido a graça de padecermos por Cristo, e não somente o de crermos nele, pois tendes o mesmo combate que vistes em mim e ainda agora ouvis que é o meu. Felipenses 1.29-30.
         Deus não explica minuciosamente a razão dos nossos sofrimentos. Deus permite que o homem seja provado através do sofrimento, não está limitado ao tempo, nem espaço, ele sabe que as experiências adquiridas através do sofrimento nos ajudarão no futuro. Cabe a nós confiar e esperar pela sua providencia. Há muitos cristãos frustrados porque querem viver um Evangelho de facilidades e muitas igrejas e pregadores incentivam a isso levando a serem cristãos frustrados e revoltados quando percebem que não tem provisões para passar o período de provação.
        Há tantos chavões: O necessário é somente que venha a igreja é dê uma excelente oferta e todos os seus problemas serão resolvidos. Mas não ensinam que é preciso fé, vida de compromisso com Deus e respeito a si e a seu próximo para que isso possa acontecer e ainda tem que enfrentar e vencer os períodos de sequidão, provações, tentações e tribulações. E preciso saber distinguir:
    ·        Provação – Deus prova aquele que ele ama. ( Provem de Deus);
    ·        Tentação – Vem do Diabo que tenta de tudo para tirar o cristão da presença de Deus e faze-lo fracassar.
    ·        Tribulação – Vem de nós mesmos, somos atribulados por situações que procuramos e causamos.

    O Sofrimento Honroso:

    Jô deve ter perguntado inúmeras vezes qual seria a razão de seu sofrimento, mas a sua confiança em Deus superou ao ponto de a afirmar: “Porque sei que meu Redentor vive, e por fim se levantará sobre a terra” (Jô 19.25).
         Quando uma pessoa aceita a Jesus como seu Salvador é muito comum começar a sofrer perseguição, pelos familiares e amigos que não compreendem a decisão de crer na verdade e o abandono de uma vida de fascínio do mundo, essa mudança provoca às vezes ira e agressões contra a vida do novo convertido em Cristo. E em muitos casos chega a perder o emprego, sócios e até mesmo o convívio com a família. Nesses casos serão bem aventurados aqueles que assim sofrerem. Há casos de cristãos que são perseguidos em paises que proíbem o Evangelho de Jesus e chegam até perderem as suas vidas. O sofrimento nesse caso é uma honra e lembre agora que está lendo esse estudo de orar pelos seus irmãos que estão sofrendo tal sofrimento.... Ore...!

    O Sofrimento Disciplinar:

    Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor nem desmaies quando por ele és reprovado; porque o Senhor corrige a quem ama e acoita a todos os filhos a quem recebe (Hebreus 12.5-6). Muitos pais não gostam de disciplinar os filhos, isso lhes causa sofrimento ou por indiferença de não importarem com o futuro do filho. Mas o filho espera pela correção, porque sabe que a correção é a prova do amor do pai. Enganam - se quem pensa que amar o filho é deixá-lo a vontade. Já ouviu falar quem ama cuida! O ideal do pai é que o filho cresça e venha a ter caráter e saiba distinguir o certo e o errado. E bem verdade que isso funciona quando os pais têm caráter, pois só é possível dar ou ensinar o que tem o que se sabe não é mesmo!
         Deus quer que nós cresçamos e venhamos a alcançar a maturidade espiritual e para isso é preciso que ele nos corrigir. Ao sermos corrigidos não devemos considerar o sofrimento como desfalecimento ou desprezo. Não despreze, pois a disciplina do Senhor, ele faz a ferida e ele mesmo a sara. Bem – aventurado é o homem a quem Deus disciplina. Jô 5.17-18.
    O Sofrimento está ligado a Bênçãos

    1.     A obediência – antes de ser afligido andava errado, mas agora guardo a tua palavra. (Salmos 119.67).
    2.     A perseverança e esperança – E não somente isto, mas também nos gloriemos nas próprias tribulações, sabendo que a atribulação produz perseverança e a perseverança a experiência e a experiência, esperança. Romanos 5.3,4.
    3.     Simpatia para com os outros - Deus que nos conforta em todas nossas tribulações, para podermos consolar aos  que estiverem em qualquer angustia, com a consolação com que nós mesmos somos contemplados por Deus. II Coríntios 1.4.
            O objetivo do sofrimento e aprendermos as lições a qual Deus quer nos ensinar.
          O sofrimento não pode ser comparado com a glória que será revelada em nós e a grande vitória que teremos de morarmos no céu!
    - Por favor, não desista, se você está sofrendo lute! Você vai vencer!



    Não sofra calado, abra sua boca em oração

    E perto do sacrifício da tarde me levantei da minha aflição, havendo já rasgado as minhas vestes e o meu manto, e me pus de joelhos, e estendi as minhas mãos para o Senhor meu Deus; 



    Aflições, angústias, sofrimentos e problemas devem sempre ter o poder de nos mover em direção à oração, a qual atrai bênçãos e solução, e podem transformar o mal em bem a favor daqueles que amam e buscam ao Senhor. Jesus Cristo espera, na sua aflição, ouvir o seu clamor para, então, nos revelar todo o cuidado que tem por nós. Ele mesmo disse:

    Estarei convosco todos os dias da vossa vida, até a consumação dos séculos. E afirmou: Não te deixarei, não te desampararei(Hebreus 13:9). Chame-o, clame por Ele e a Ele. Jesus Cristo, nesse nome há poder. Poder para livramentos e salvação de todo aquele que crê. Ele está aí, bem ao seu lado, esperando ouvir a sua voz. Não se cale. Cristão que não ora mas se cala nos momentos de calamidade, é cristão que fracassa e cai. Nos testemunhos dos heróis da fé encontramos alguém assim, que se calou, que não orava, não pedia socorro a Deus. Para aprender a lição, Deus permitiu que sua dor se agravasse até que a chama do Espírito o incendiasse, movendo-o a orar: Com o silêncio fiquei mudo; calava-me mesmo acerca do bem, e a minha dor se agravou.- Salmos 39:2. Mas podem haver ocasiões que o pecado não confessado nos faz mergulhar na aflição e ser rodeado pelas suas consequências, cortando a comunhão com Deus e secando o canal das bênçãos. Quando isso acontece, o pior é se calar e não apresentar a Deus a confissão do pecado e o arrependimento, podendo tornar a vida cristã uma sucessão de aflições e derrotas:
    Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.
    Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.



                                       O perdão

                                     
                                        Vamos pensar juntos......O perdão....... O que é?
                                                                          Missionária: Iranelma Guerreira de Jeová.



    Para iniciarmos é preciso primeiro compreendermos que há três tipos de paz:
    1 - Paz com Deus
    2 - paz consigo mesmo
    3 - Paz com o seu próximo.
         É comum ouvirmos alguém dizer:
    -  Eu estou em  paz com Deus e isso basta!
         Mas a mesma pessoa que assim diz está em guerra com o seu próximo. Se não ama a seu irmão a quem vê, como irá amar a Deus a quem não vê! (I João 4.20).
         A oração do Pai Nosso a qual nos ensinou Jesus é necessário declararmos que : E perdoa as nossas dívidas, assim como eu perdoei o meu devedor... Como ficará a minha situação se eu não houver perdoado, certamente Deus também não me perdoará. E um confronto o qual Deus coloca o homem a assumir sua culpa e saber que erra e necessita de perdão e de perdoar aquele que errou para com ele.
    PERDOAR COMO... Perdoa-nos as nossas dívidas assim como nós  temos perdoado aos nossos devedores. A falta do perdão limita a vontade de Deus de nos perdoar.
     A Falta de Perdão coloca o seu próximo em prisão.......Indo-se o lançou na prisão, até que pagasse a dívida. Mateus 18.30.
                                                                              Em construção......!

    Um comentário: